div
buscar
FILTROS:
PRODUTO
FORNECEDOR
ESTADO
CIDADE
   

PUXADINHO INFLUENCIA VAREJO DA CONSTRUÇÃO

Pesquisa do Data Popular revela dinâmica do comportamento de consumo popular quando o assunto é reforma
O Data Popular Pesquisa & Consultoria apresentou em 12 de abril, para o Sindicato da Indústria de Artefatos de Metais Não-Ferrosos no Estado de São Paulo, seu novo estudo sobre o comércio de materiais de construção para baixa renda, que movimenta mais de R$ 37 bilhões. Com o objetivo de avaliar o impacto do mercado popular no varejo de material de construção, a pesquisa foi encomendada pela Avenida Brasil Comunicação e Marketing, e aponta o famoso “puxadinho” como um dos principais fatores de atração da baixa renda neste mercado. De acordo com o sócio-diretor Renato Meirelles, apenas 16% dos brasileiros pagam aluguel. Ao longo de sua trajetória, o Data Popular aprendeu que a casa do consumidor popular está em constante construção e o crescimento de sua família faz com que sua casa logo dê origem ao famoso puxadinho. “Mais de 68% dos gastos com moradia das classes C, D e E estão relacionados à reforma e mais de 5,5 milhões de homens estão empregados na construção civil. Essas duas afirmações apontam para uma dinâmica fundamental no varejo da construção: este cidadão é cliente – e também avalista”, afirma Meirelles. De acordo com a pesquisa, há mais complexidade na venda de materiais de construção, reforma e acabamento do que pode parecer. Afinal, homens, mulheres e profissionais da construção têm interesses, expectativas e comportamento de compra bastante distintos. Logo, seus diferentes perfis de consumo irão interferir na decisão de compra de cada categoria. “O varejista deve em primeiro lugar avaliar cuidadosamente o mix de ofertas e promoções. Se houver muitas ofertas ao mesmo tempo, o cliente acredita que está sendo ludibriado. Para este consumidor, quando tudo é oferta, nada é oferta”, argumenta Wagner Sarnelli, sócio da Avenida Brasil. Outro ponto indicado como importante pela pesquisa é o relacionamento com os operários das obras. Cerca de 32% das compras pequenas e urgentes são delegadas a esses profissionais, que também esperam proximidade (física), atendimento especializado e atenção. * Sobre o Data Popular Criado em 2002, o Data Popular surgiu para produzir conhecimento de qualidade sobre o mercado popular no Brasil. A empresa é especialista no desenvolvimento de pesquisas e análises para entender como funciona o mercado de baixa renda. Seus estudos avaliam a relação deste público com produtos e marcas para descobrir qual a melhor forma de se comunicar com um segmento responsável pelo movimento de R$ 500 bilhões em 2005. Entre os clientes atendidos estão Associação Comercial de São Paulo, Alpargatas, Aon Affinity, Banco IBI, Bovespa, Camargo Correa, Dia%, Faber-Castell, Grupo Pão de Açúcar, Grupo Silvio Santos, Intel, Marabrás, Microsoft, Ministério do Turismo, Natura, Nestlé, Pernambucanas, Procter & Gamble, Sadia, SBT, Schering-Plough, Telefônica, Wal-Mart, entre outros.
Publicado em 24 de junho de 2007 por Equipe ConstrucaoTotal
 
Publicidade
 
sp sp sp sp sp sp sp